quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Emprego de letras maiúsculas.

Há línguas que exageram no emprego da inicial maiúscula. O alemão, por exemplo, chega a iniciar todos os substantivos com letra maiúscula. No português, as últimas normas são de 1943. Mas há usuários que economizam as maiúsculas e outros que abusam de seu uso.

Pra evitar repetição, uma sugestão pra substituir esse parágrafo acima:
Há línguas que exageram no emprego da inicial maiúscula. O alemão, por exemplo, adota essa regra para todos os substantivos. Já no português, as últimas normas datam de 1943. Ainda assim, na prática, há usuários que economizam e outros que abusam do uso das maiúsculas.

Os grandes jornais possuem seus manuais de redação como referência, mas estes nem sempre acatam o sistema quando o assunto é a letra maiúscula. Segue abaixo algumas dicas:

a) Pronomes de tratamento devem ser grafados com maiúscula, como Vossa Excelência e Vossa Senhoria. Assim como expressões de tratamento e reverência, inclusive quando abreviadas, e os títulos que as acompanham. Essa regra é herança da nossa tradição de tratar as autoridades com respeito.
Exemplos: Sr. Diretor, MM. Juiz de Direito e S. Exª o Ministro da Cultura.

b) Toda citação entre aspas deve iniciar com maiúscula, mesmo que ela não venha depois de dois pontos.
Exemplo: Quando escreveu "O mistério é o encanto da vida", Machado de Assis estava definindo o seu processo criador. Mas, atenção, essa regra não se aplica nos casos em que a frase for reproduzida pela metade, como "... é o encanto da vida".
c) Nomes de meses não devem ter a inicial maiúscula.
Exemplo: No mês de junho, as bombinhas começam a estourar nas escolas.

d) Falar que os nomes próprios iniciam com letra maiúscula é dizer o óbvio, mas como o óbvio às vezes precisa ser dito, vamos lá.

- Nomes de pessoas, incluindo alcunhas.
Exemplos: O sonho de Alexandre, o Grande, era dominar o mundo.
- Nomes de entidades sagradas, religiosas, mitológicas.
Exemplos: Deus, Alá, Jeová, Tupã, Júpiter, Espírito Santo, Nossa Senhora.
Também é tradição religiosa usar maiúscula inicial nos pronomes referentes a Deus e a Maria.
Exemplos: A Ele rogamos e nEle confiamos. A Ti (ou a Vós, a Ela) recorremos.

- Nomes de lugares (países, cidades), regiões geográficas, topônimos (mares, rios, lagos, montanhas), linhas geográficas imaginárias, logradouros públicos.
Exemplos: O Ocidente e o Oriente devem lutar por uma coexistência pacífica.
Rua Marechal Deodoro é a mais tradicional da cidade.
O lingüista/ escritor Adriano da Gama Kury recomenda que os nomes comuns que acompanham os nomes próprios de acidentes geográficos escrevem-se com minúsculas: o canal do Panamá, a ilha da Madeira, o rio Amazonas. Não é o caso de logradouros públicos: Praça Rui Barbosa.

- Nomes de astros, em sentido amplo.
Exemplos: “O Sol, estrela de 5ª grandeza, pertence à galáxia da Via Láctea...”
Quando usados fora do contexto astronômico, Sol e Lua se escrevem com minúsculas: banho de sol, namorar à luz da lua.

e) Nomes de eras e períodos históricos, épocas e eventos notáveis.
Exemplos: Idade Média, Renascimento, Proclamação da República.
O lingüista/ escritor Adriano Gama Kury defende que neste item devem incluir-se os nomes de movimentos estéticos, filosóficos, políticos, doutrinários.
Exemplos: Classismo, Romantismo, Nazismo, Fascismo, Marxismo, Contra-Reforma.

f) Títulos de livros, jornais, revistas e produções que tradicionalmente se escrevem em tipo diferente, o grifo.
Exemplos: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Folha da Região, A Adoração dos Magos (quadro de Leonardo da Vinci).

g) Nomes de instituições públicas e privadas, agremiações, partidos políticos e congêneres.
Exemplos: Ministério da Educação, Partido Popular Brasileiro, Editora Nova Fronteira, Academia Araçatubense de Letras, Diciose de Araçatuba.

h) Altos conselhos religiosos, nacionais e políticos.
Exemplos: a Igreja, a Pátria, a Nação, o Estado, a Democracia, o Exército, a Marinha, a Aeronáutica, a República.
Quando usados em sentido geral ou indeterminado, esses nomes se escrevem com inicial minúscula.
Exemplos: A Costa Rica, pequena república da América Central.

i) Nomes de "artes, ciências ou disciplinas, bem como os que sintetizam em sentido elevado, as manifestações do engenho e do saber".
Exemplos: Astronomia, Português, Educação Artística, Medicina, Letras.
Os nomes de idiomas devem ser escritos com inicial minúscula. Se "português" for o nome da disciplina do currículo escolar, a inicial deve ser maiúscula.

j) Nomes de festas religiosas.
Exemplos: Páscoa, Quaresma, Natal.

l) Substantivos comuns personificados e seres morais e fictícios.
Exemplos: o Amor, a Capital, o Lobo e o Cordeiro, a Cidade.

m) Nomes que designam altos cargos, dignidades ou postos.
Exemplos: Presidente da República, Governador, Prefeito, Papa, Ministro, Bispo.

Um bom dicionário apresenta em sua introdução o Formulário Ortográfico. Qualquer dúvida, consulte-o. A pesquisa sistemática é uma boa forma de memorização.

Fonte: www.portrasdasletras.com.br. Confira a reportagem na integra consultando o site.

Nenhum comentário: